Muitas vezes a criança com TEA tem dificuldade de modular seu tom de voz de acordo com a altura adequada para cada contexto (Ex: cinema–> falar baixo; lugar barulhento –> falar um pouco mais alto). Desta forma, uma estratégia bacana para ajudar os pequenos pode ser através deste material  que explicita as diferentes gradações! Vejam só!